A moda da ração humana

No mundo da alimentação e das dietas há sempre uma novidade. Atualmente, a onda é conhecida por um nome esquisito, mas, ainda assim, faz um sucesso danado. É a ração humana.

Provavelmente você já ouvir falar, mesmo que vagamente, sobre o assunto. A ração humana agora é tida como “milagrosa” para quem quer uma vida saudável e para manter o peso. Tudo isso é muito bom, claro. Mas vamos conhecer um pouco mais sobre ela.

A ração humana nada mais é do que um composto de diferentes tipos de ingredientes que tenham como base a fibra. Eles são triturados e misturados, dando a impressão de que realmente se trata de algum tipo de ração daquelas compradas em lojas para animais. Embora a aparência não seja das mais agradáveis, não há como negar que a ingestão de fibras é fundamental para a saúde.

Entre os benefícios da ração humana está o controle do colesterol e do diabetes, o aumento da resistência orgânica, a desintoxicação do organismo, a regulação do intestino e até o emagrecimento. Esse último benefício é o que mais enche os olhos daqueles que adoram uma dieta da moda.

Os ingredientes que compõem a ração humana realmente ajudam a emagrecer, pois diminuem a absorção de gordura e estabilizam o sistema digestivo. Mas sozinha a ração humana não pode fazer nada. Como sempre, também é preciso se exercitar.

Existem diferentes formas de se fazer a ração humana. O ideal é procurar um nutricionista que lhe indique os melhores ingredientes para você. Evite comprar as rações prontas, pois elas podem não trazer o resultado desejado.

Ter a ração humana como um aliado para manter a saúde e o controle da alimentação é muito válido. Mas, como sempre, existem os exageros. Em alguns lugares já se espalha a ideia da tal “dieta da ração humana”. Você precisa estar atento. Nada de passar dias comendo apenas a ração. Seu corpo precisa de outros nutrientes que não estão presentes nesse alimento. Por isso, é importante variar a alimentação, mantê-la equilibrada e usar a ração humana apenas como um complemento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *